Para acessar os artigos relatando e analisando a descoberta de 1500 fósseis, encontrados em um sistema de caverna sul africano e atribuídos a nova espécie humana, Homo naledi, veja aqui e aqui.

Um espaço para agregar ciência e filosofia sobre evolução biológica. Contribua!

Lisandro Hubris
  • Masculino
  • Rio de Janeiro
  • Brasil
Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos (16)
  • Eventos
  • Grupos (1)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Lisandro Hubris

  • Mônica Augusto
  • Eli Vieira

Grupos de Lisandro Hubris

 

Página de Lisandro Hubris

Últimas atividades

Lisandro Hubris postou uma discussão

FOI A MALÁRIA QUEM ABRIU O CAMINHO PARA O MACACO VIRAR HUMANO...

 Enquanto o chimpanzé possui 48 cromossomos (24 pares), os humanos têm apenas 46 cromossomos (23 pares), pois foi uma FUSÃO CÊNTRICA vantajosa (junção entre os cromossomos 12 e 13 do chimpanzé), que deu origem aos primeiros humanos.Há cerca de 3 milhões de anos, uma MUTAÇÃO que conferiu resistência à malária mudou a molécula do açúcar Neu5Gc (muito comum nos chimpanzés, mas que já não existe nos seres humanos), para NEU5AC...E tanto o sistema imunológico dos macacos mutantes, como o isolamento;…Ver mais...
7 Jun, 2013
Lisandro Hubris comentou o grupo Paleoantropologia de Euder Monteiro
"Existiram humanos de outras raças, outra espécie, ou “endêmicos”?   Para provar que a chamada “EVA MITOCONDRIAL” não foi à ÚNICA “mulher” da sua época, e sim,…"
9 Ago, 2012
Lisandro Hubris entrou no grupo de Euder Monteiro
Miniatura

Paleoantropologia

Trataremos aqui sobre a Evolução Humana, em todos os seus aspectos.
9 Ago, 2012
Lisandro Hubris respondeu à discussão As religiões seriam alguma patologia do cérebro místico? de Lisandro Hubris
26 Maio, 2012
Lisandro Hubris respondeu à discussão As religiões seriam alguma patologia do cérebro místico? de Lisandro Hubris
26 Maio, 2012
Lisandro Hubris postou uma discussão

Como se justificam as semelhanças entre o chimpanzé e o homem?

Uma análise publicada na Revista Nature mostrou que devido à FUSÃO CÊNTRICA (junção entre os cromossomos 12 e 13 do chimpanzé), nós humanos temos 46 cromossomos (23 pares), enquanto que os chimpanzés possuem 48 (24 pares). Dos 3 bilhões de pares de genes que os chimpanzés têm, apenas 35 milhões (menos de 4%), são diferentes dos encontrados no DNA dos humanos. A maioria das diferenças entre o homem e o chimpanzé reside nos trechos de DNA que parecem ter pouca ou nenhuma função. 53 genes do…Ver mais...
25 Maio, 2012
Rodrigo Véras respondeu à discussão O que mais ajudou o cérebro humano passar de 450 para 1200 centímetros cúbicos? de Lisandro Hubris
"Como eu havia dito, não são tanto as ideias em si que critico, mas a forma como foram apresentadas que pode passar a impressão de serem fatos ou mesmo consensos entre os especialistas, algo que não é o caso. Embora…"
13 Maio, 2012
Lisandro Hubris respondeu à discussão O que mais ajudou o cérebro humano passar de 450 para 1200 centímetros cúbicos? de Lisandro Hubris
"Rodrigo primeiro por uma questão de honestidade sou obrigado informar que eu só estudei até a 4ª série primária, e quase tudo o que eu escrevo e o que eu ACHO... Rodrigo como eu recebi um e-mail sobre um…"
12 Maio, 2012
Rodrigo Véras respondeu à discussão O que mais ajudou o cérebro humano passar de 450 para 1200 centímetros cúbicos? de Lisandro Hubris
"Lisandro, gostaria de saber em que bases vc faz essas afirmações, especialmente algumas bem exageradas como "O fato dos “DENISOVANS”, do HOMEM DAS CAVERNAS, e os “GUANCHES” nunca terem conseguido ser…"
12 Maio, 2012
Lisandro Hubris postou uma discussão

O que mais ajudou o cérebro humano passar de 450 para 1200 centímetros cúbicos?

o que mais ajudou o cérebro do homem das cavernas, que só discutia acontecimentos, pois tinha um cérebro com apenas 450 C.C. dobra de volume e se transformar nos atuais cérebros com cerca de 1200 centímetros cúbicos, capaz de ter idéias, buscar respostas, ou processar inúmeras tarefas ao mesmo tempo, graças a sua imensa capacidade cerebral, foi uma alimentação melhor e as inúmeras MUTAÇÕES VANTAJOSAS e repentinas, e não apenas os minúsculos acréscimos que aconteceram de geração em…Ver mais...
10 Maio, 2012
Rodrigo Véras respondeu à discussão As religiões seriam alguma patologia do cérebro místico? de Lisandro Hubris
"Karla, o texto do Lewontin pode ser encontrado aqui. Outros textos de outros autores podem ser encontrados no mesmo site [aqui], inclusive um de Jonhatan Marks, além de na página pessoal de Marks da University of North Carolina em…"
10 Maio, 2012
Karla Yotoko respondeu à discussão As religiões seriam alguma patologia do cérebro místico? de Lisandro Hubris
"Opa! Estas referências adicionais do Lewontin e do Marks me interessam muito! Eu dou aulas de genética e evolução na universidade em que trabalho, e tudo que possa ajudar a combater preconceitos é muito bem vindo.…"
9 Maio, 2012

O grande despertar


Embora a ciência precise descobrir e entender a origem de algo que ocorreu quando ela ainda não existia. Seja imensamente difícil o finito poder provar o infinito ou explicar a origem da origem...
A nobre tarefa de pesquisar as fronteiras do conhecimento seja um trabalho só para os capazes de entender que quanto mais velha for à religião mais fantasiosa seriam as suas versões.
Algumas descobertas da ciência não possam ser entendidas pelos místicos.
E ainda falte muito para que os crentes acordem. E entendam as mudanças que afetam a humanidade.

A singularidade da recompensa que oferecemos aos lúcidos seria o fato de que, a verdade não está nas versões do passado, mas sim, no conhecimento do presente e nas possibilidades do futuro.
E a revelação de que, a felicidade e a completude estão dentro de cada um de nós e não em alguma crença nascida da insanidade.
Os lúcidos estão oferecendo aos capazes de entender, uma fantástica oportunidade de poder recomeçar.
Assim como, uma vida cheia de liberdade, desafios e emoções, que seriam impensáveis para os crentes do passado.
Pois além do tempo atual não está a favor dos místicos; o mundo avançar célere sem esperar que os crentes
E de tempos em tempos ocorrerem revoluções na sociedade.
Até porque, mesmo as crenças religio$as sendo um vácuo de informações, uma insanidade, uma fantasia e um logro lingüístico.
Onde a maioria acredita num Deus virtual, que poderia fazer qualquer coisa e até nos fornecer a “Morada celeste”.

O “Despertar” será um dos acontecimentos mais importantes e significativos da história de uma estirpe que por milhões de anos luta com as superstições.
Pois no futuro só será possível adquirir conhecimentos, ser feliz, ter confortos e consertar a saúde. Mas ainda assim, não desperdiçaremos nossa única e preciosíssima vida.
E não trocaremos nossas oportunidades reais, pelas ilusões de um mundo fictício e lúdico, que não pode ser provado pela inteligência ou a lógica.
E que depende de penosos esforços de credulidade, para que se acredite no mesmo.
Lisandro Hubris do Ateusbr

Caixa de Recados (2 comentários)

Você precisa ser um membro de Evolucionismo para adicionar comentários!

Entrar em Evolucionismo

Às 11:02 em 13 outubro 2009, Eli Vieira disse...
Lisandro, a sua afirmação sobre o gene VMAT2 já foi refutada por mim. Ainda assim você preferiu voltar à discussão repetindo a mesma coisa, e repetindo raciocínios circulares, cujas conclusões só repetem o que você já disse nas premissas.

Nenhum problema você insistir num raciocínio circular, mas é um problema quando serve para você fazer proselitismo ateu dentro da rede Evolucionismo.

A única regra dentro da rede é que ela é dedicada à biologia evolutiva, e não a discussões sobre religião. Por isso seu último comentário será apagado.

Espero que compreenda que a ciência da biologia evolutiva existe independente de quaisquer ideologias como ateísmo e teísmo.

Portanto, vamos parar com proselitismo e falar de biologia, por favor.

Obrigado.
Às 10:41 em 20 agosto 2009, Eli Vieira disse...
Lisandro Hubris, por favor pare de mandar a mesma mensagem de propaganda para todos os membros.
Isso se configura como spam.
 
 
 

© 2017   Criado por Eli Vieira.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço